sábado, 4 de junho de 2011

Fortaleza: Quando ir, hotéis e praias

Fortaleza é um destino que deve ser combinado com algo mais. Jericoacoara, por exemplo, é a combinação perfeita!

A capital do Ceará tem um toque de sofisticação, com seus restaurantes de babar e seus lindos prédios residenciais, principalmente na Av. Beira-Mar e no bairro Aldeota. Mas, claro, sem perder sua essência, que traduz em uma cultura fantástica, construções históricas e comidas típicas.

Boa viagem!

QUANDO IR:

No Ceará faz sol e calor o ano todo. Fui em março deste ano. Essa época (1º semestre) é chamada de "inverno", pois é considerado período chuvoso. Mas não se preocupe, o inverno é de chuvas passageiras e calor de 28 graus!

Já no 2º semestre, Fortaleza é a capital que menos chove em todo o nordeste.

ONDE SE HOSPEDAR:

O Meireles é o melhor bairro para se hospedar. A localização é muito boa, entre Iracema e Mucuripe, perto da feirinha de artesanato, que acontece todos os dias na Av. Beira Mar, e de bons restaurantes.

Mucuripe seria a segunda opção, onde se localiza o Hotel Gran Marquise e bons restaurantes também.

Iracema, como a terceira alternativa, nas proximidades do Hotel Blue Tree é uma boa, além de ser próximo ao Boteco Praia, ideal para solteiros. 

Há uma infinidade de hotéis na cidade. A seguir, os 10 melhores, de acordo com o Guia 4 Rodas:

1) Gran Marquise (Mucuripe):  (85)4006-5223

2) Vila Galé Fortaleza (Praia do Futuro): (85)3486-4420

3) Hotel Luzeiros (Meireles): (85)4006-8586

4) Hotel Seara (Meireles): (85)4006-2222

5) Holiday Fortaleza (Iracema): (85)3455-5000

6) Othon Palace (Meireles): (85)3466-5500

7) Golden Tulip Iate Plaza (Mucuripe): (85)3533-6900

8) Comfort Hotel (Meireles): 0800-55-5855

9) Quality (Meireles): 0800-55-5855

10) Blue Tree Premium (Iracema): Hotel onde me hospedei. Os quartos são bem confortáveis. O café da manhã é bom e variado. Ponto negativo: piscina muito pequena e a taxa de serviço de 10% é cobrada até mesmo sobre o que é consumido no frigorar. Achei um absurdo e contestei na hora de fazer o check out. Tel: (85)4008-4008

Hotéis a preços convidativos e que não deixam de ser confortáveis:

Ibis (Iracema)
Samburá Praia Hotel (Mucuripe)
Villa Mayor (Meireles)
Magna Praia (Iracema)
Vela e Mar Hotel (Mucuripe)

PRAIAS:

Fortaleza não é uma cidade com muitas opções de praias próprias para banho. A única que indico é a Praia do Futuro, onde há uma infinidade de barracas. Cada uma tem seu estilo e público diferenciados, localizadas na Av. Zezé Diogo:


Crocobeach: (nº 3125). É a mais bem estruturada. Possui loja, salão de beleza, espaço para massagem, piscina e muito mais.

Sorriso do Sol: (nº 3335). Para quem curte um reggae.

Vira Verão: (nº 3345). Público esportista e atleta.

Cabumba: (nº 3911). Público GLS.

América do Sol: (nº 4265). Público variado.

Vila Galé: (nº 4189). Em frente ao Hotel Vila Galé. Público legal, mas não dei sorte com o atendimento.


Chico do Caranguejo: (nº 4930). Toda quinta-feira tem a famosa caranguejada.
Atlantidz: (nº 5581). Ambiente temático, meio Disney. Bacana!



Boa Vida: (nº 5665). Freqüentada por estrangeiros.

Cocobeach: (nº 6421). Estrutura muito boa. Serve buffet no almoço.

Itapariká: (nº 6801). Tem playground e parque aquático. Indicada para quem vai com crianças.


PRAIA DE MEIRELES: É o melhor ponto da Av. Beira Mar, onde se localiza a famosa feirinha de artesanato. Um bom programa é passear pela orla no fim da tarde.

PRAIA DE MUCURIPE: Onde se encontra o tradicional Mercado do Peixe, com seus camarões e pescados fresquinhos, restaurantes e hotéis.

PRAIA DE IRACEMA: Concentração de bares e casas noturnas, como o Pirata. A Ponte dos Ingleses, sobre a qual foi montada uma estrutura de madeira, é freqüentada por turistas e moradores da cidade.

2 comentários:

  1. Parabéns pelo blog! Muito bom!

    Para avisar viajantes, deixo minha impressão do restaurante Casa di Paolo, de Gramado:

    Ultrajante, deselegante e preconceituoso.

    Se for a gramado, evite. Em especial se você gosta de comer compartilhando a natureza. Eles não lhe deixam escolher as mesas livres (constrangem) e são muito descortezes, além de exploradores no bolso (prepare-se para a faca gaúcha que gira-gira para esfolar turistas desavisados)e em em especial, cuidado com a "dona" do caixa.

    Felizmente há excelentes opções na concorrência! logo em frente, o San Tao é um show, para quem gosta de comida japonesa de 1a, preço justo, educação e requinte (e fique claro que eu não ganho nada fazendo isso, apenas a satisfação de indicar o que é realmente bom).

    ResponderExcluir
  2. Olá Professor Gaúcho! Agradeço pelo elogio. Será sempre bem-vindo por aqui. Comentários, sugestões e opiniões são muito válidos. Abraço

    ResponderExcluir

Participe do blog e deixe seu registro!