quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Lua de Mel Nas Fascinantes Ilhas Maldivas (parte I)

O grande dia havia chegado! O destino principal da nossa lua de mel estava a 4 horas e meia de voo, partindo de Dubai. Parecia um sonho pensar que o verdadeiro paraíso seria nosso por alguns dias. E que dias...Foram alguns dos melhores das nossas vidas. 

Partimos de Dubai com a companhia Emirates que tem um ótimo serviço de bordo em seus boeings 777, apesar de assentos apertadinhos na classe econômica. A chegada não poderia ter sido mais emocionante. Visto da janela do avião, aquele mundo de ilhas cercadas por águas de um azul tão surpreendente e espetacular, traduzia o verdadeiro paraíso. Naquele momento concluí que Deus só poderia ser maldiviano.

Além de ser o menor país da Ásia, a República das Maldivas é o país com mais baixa altitude do mundo, com uma média de 1,5 metros. Suas 1190 ilhas de corais estão distribuídas no Oceano Índico, e cerca de 200 delas são habitadas, sendo 90 voltadas para o turismo - cada hotel é ocupado por uma ilha.


Infinidade de azuis
Emoção ao chegar
O aeroporto de Male, capital das Maldivas, é pequeno e bem simples. Para entrar no país deve ser apresentada a Carteira Internacional de Vacinação e o carimbo comprovando a vacina contra febre amarela. Outro detalhe relevante é que as bebidas alcoólicas estão na lista de produtos proibidos e, caso o passageiro esteja portando, serão confiscadas até a data de saída. 


Ao desembarcarmos, avistamos um funcionário do Hotel Velassaru com aquela plaquinha contendo nossos nomes. Logo em frente à saída do aeroporto, uma lancha do hotel estava à disposição para nos levar até a respectiva  ilha. A reserva foi feita pelo Booking, e escolhemos o Velassaru não só pela boa reputação, mas por estar a uma curta distância do aeroporto; apenas 30 minutos. Achamos mais seguro e, caso houvesse algum imprevisto, a qualquer hora a lancha estaria ali. 

Muitos hotéis são distantes, alguns localizam-se a 300 km de Male, e o único meio de transporte, realizado por empresas de táxi aéreo, é o hidroavião que pode não partir dependendo das condições meteorológicas. Sem falar nos limites de peso de bagagem, que não combinam com uma viagem de quase 20 dias em lua de mel. Além do mais, uma "pontinha" de medo de voar naquele pequeno bimotor contribuiu para minha escolha, apesar do trajeto oferecer uma vista incrível do arquipélago, como muitos dizem.

Lancha do hotel

Vista de Male, capital do país e maior ilha.
Ao entrarmos na lancha, água e lencinhos umedecidos foram oferecidos. Quanto aos funcionários, todos muito bem-humorados e simpáticos. No caminho, a cada ilha uma expectativa de ser o Velassaru, até que...



A chegada foi marcada por drinks refrescantes de boas-vindas e toalhinhas umedecidas muito cheirosas, servidos por funcionários de saia longa e camisas florais. Bem-vindos ao Velassaru!! 



Área da recepção
Rapidamente fizemos o check-in e recebemos toda a programação da semana, o cartão do nosso bangalô e as orientações de reservas de jantares exclusivos para casais em lua de mel.


Hora de caminhar até nosso bangalô sobre a água. Se você sonha em hospedar nesse tipo de acomodação, saiba que somente hotéis da Polinésia Francesa e das Maldivas oferecem esse luxo. No Camboja, mais precisamente no hotel Song Saa Private Island Resort, e no Panamá, no Yandup Island Lodge, também existem bangalôs sobre o mar, mas incomparáveis com os dois primeiros e mais sonhados destinos.  

Caminho sobre palafitas até o bangalô


Com o nome de Water Villa With Pool nosso bangalô oferecia como cortesia produtos L'Occitane, água mineral, chás e cafés Nespresso de variados sabores. Eram 112 metros quadrados de privacidade, com terraço, piscina exclusiva, acesso para o mar com escada privativa e uma vista hipnotizante. Imaginem o sacrifício de acordar com toda essa paisagem...



Máquina de Nespresso
Produtos L'Otccitane sobre a banheira com vista para o mar
  
Terraço para tomar sol
Escada privativa. Ops...será que tem algum tubarão por aqui?

Piscina privativa
Fim de tarde no bangalô
Com um mar fascinante e de cores tão ricas, desfrutávamos da piscina somente depois de um bom tempo de praia. A ilha do Velassaru é bem pequena e em pouco tempo de caminhada você dá uma volta. É uma verdadeira sensação de refúgio no paraíso.

Suspiros a cada ângulo de paisagem
A área da piscina comum aos hóspedes é bem confortável. Há um bar e garçons circulando a todo tempo, além de uma bancada com narguilés e sofás redondos, estilo dossel, sob a sombra dos coqueiros.

Narguilés



Piscina e oceano se confundem
Deixemos de lado a piscina e vamos ao que interessa, a praia. O cenário único e encantador é de encher os olhos e, a cada passo, um novo ângulo era registrado. Cada dia escolhíamos um ponto da ilha para ficar, mas o melhor mesmo era na faixa de areia que dava vista para os os bangalôs sobre as águas. E, mesmo sabendo que não atacam, sempre ficava de olhos bem abertos para evitar algum encontro com tubarões ou seus filhotes, já que adoram ficar pertinho das palafitas e são comuns nas Maldivas...







Eu, feliz!
Acesse aqui a próxima postagem sobre as Maldivas: gastronomia do hotel. 

Até!

B.Jus

6 comentários:

  1. Parabéns pela viagem! O Lugar realmente é lindo.
    Não queria ser indelicado, porém achei atrativo o local.. bem, quanto ficou sua viagem?
    Ainda vai demorar para me casar, porém quero ter minha lua de mel aí também rs

    ResponderExcluir
  2. Olá, Vinícius! Lua de mel nas Maldivas é realmente sensacional. Sinta-se à vontade para me enviar um email (fabifmo@yahoo.com.br). Assim, explico os detalhes a você. Abs

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Fabiana, pela viagem e por seu texto e fotos fantásticas, que nos faz viajar também. Admiro seu trabalho e sua dedicação detalhada. Você merece o destaque da publicação. Que mais posso dizer...Viaje muito e nos dê relatos maravilhosos assim. Parabéns. Lice

    ResponderExcluir
  4. Oi Fabiana,
    Sou a Deb, sua vizinha dos Destaques da Semana da RBBV.
    Que post lindo, que paraíso! Que fotos!
    Já estive em San Blas, no Panamá, que você menciona, e até hoje é um dos lugares mais lindos em que já estive. Mas é bem rústico, nem se compara a esse luxo!
    Parabéns pelo blog, uma honra dividir os destaques contigo.
    Abraço,
    Deb

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelo carinho, Lice! Linda mensagem! Beijo

    ResponderExcluir
  6. Olá, Deb! Muito obrigada pelo elogio! Não conheço San Blas, realmente deve ser demais! O prazer foi todo meu dividir com você os destaques da semana! Abs

    ResponderExcluir

Participe do blog e deixe seu registro!