segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

A charmosa Viña del Mar

Viña del Mar é destino certo dos chilenos para curtir o verão. Apesar do mar do Pacífico ser bem geladinho, Viña tem muito a oferecer, já que vive do turismo. Gastronomia, bons hotéis, entretenimento e belas paisagens marcam forte presença.

Conhecido como "La Ciudad Jardin" (a Cidade Jardim), o balneário é caracterizado por edifícios à beira mar e arquitetura histórica conservada. 

Podemos chegar até lá de um modo mais independente, alugando carro, ou contratando o passeio que vai até as duas cidades costeiras, Valparaíso e Vinã del Mar. Nós optamos pelo primeiro modo e alugamos o veículo através do hotel. O passeio também pode ser contratado da mesma forma. 

Saindo de Valparaíso, 9 quilômetros depois chegamos em Vinã. Em frente à praia Caleta Abarca fomos recebidos pelo lindo Relógio de Flores, construído em 1962, especialmente para o mundial de futebol. Pausa para fotos.






Logo em frente, mais flores dão vida à entrada da cidade. Entenderam o motivo de Vinã ser chamada de "Cidade Jardim"?



Seguimos na avenida La Marina, passando na porta do Hotel Sheraton Miramar, com vista para a Baía de Valparaíso, e no Castillo (castelo) Wulff, que é patrimônio cultural municipal e palco de exposições de arte. Quem tiver interesse em conhecê-lo, saiba que a entrada é grátis e o horário de visita é das 10:00 hs às 13:30, com pausa para almoço, e das 15:00 às 17:30, de terça a domingo.

Mais adiante, stop para o almoço. Estacionamos o carro próximo à praça construída em homenagem ao fundador da cidade, a Plaza José Francisco Vergara, conhecida como Plaza Vergara ou, simplesmente, Plaza de Viña. É ali que se concentram as charmosas charretes para um passeio. De lá fomos caminhando até o restaurante Enjoy del Mar.

Plaza Vergara
Chegando ao Enjoy, a vista e o ambiente agradabilíssimo tornaram-se um convite. O restaurante, todo de vidro, fica de frente para o Pacífico. Lá dentro era servido buffet, que não agradou meu tio em uma viagem posterior a essa que eu fiz. Aliás, andei pesquisando por comentários sobre o Enjoy e li muitas avaliações negativas que, provavelmente, devem estar relacionadas ao buffet. Afinal, se fosse tão ruim assim, como o restaurante é indicado pela revista Frommers?

Sentamos nas mesas do lado externo, optamos pelo sistema à la carte e não arrependemos. Escolhi um delicioso e macio contra-filé, acompanhado de batatas e legumes. A vista para o Castillo Wulff completava  a ocasião.



Ao fundo, o patrimônio cultural  CastilloWulff
Em frente ao restaurante, pertencente ao mesmo grupo, encontramos o Hotel del Mar, onde funciona a casa noturna OVO, o antigo e famoso Casino Municipal, que fica anexo ao prédio, e o Spa Enjoy.


Seguindo de carro pela orla, paramos na Av. San Martin, próximo ao antigo píer que descarregava mercadorias no passado, o Muelle Vergara, entre as praias Acapulco e El Sol. A finalidade era comprar souvenires na feirinha de artesanato local.

Feitas as comprinhas, hora de seguir para Reñaca, a praia mais badalada da cidade e mais distante que as outras. Caracterizada pelas residências de classe média-alta, Reñaca é descolada e oferece boa variedade de bares em sua orla. 

E mais, apesar de não ter visto nenhum deles, os leões marinhos constantemente descansam sobre as pedras da praia.



Reñaca

Bares em frente à praia de Reñaca

E assim finalizamos nosso passeio em Viña del Mar. Não deu para conhecer tudo porque já era fim de tarde, e ainda tínhamos que voltar para Santiago. Mesmo assim, a seguir, trago a vocês dicas de demais atrações do balneário.

O que não vi em Viña/Locais considerados interessantes:

1) Fonck Museu

Bem interessante. Guarda grande coleção de peças sobre a cultura e civilização da Ilha de Páscoa, bem como do restante do país. Horário: terça a sábado de 10:00 hs às 18:00 hs e domingos das 09:30 hs às 14:00. Para mais informações acesse o site: http://www.museofonck.cl/

2) Museu de Belas Artes (Palácio Vergara)

Hoje, o Palácio é sede do Museu de Belas Artes, onde estão obras chilenas e de pintores das escolas italiana e veneziana dos séculos XVI e XVII. Vale apreciar o famoso jardim, repleto de espécies de plantas do mundo inteiro. No local há também um anfiteatro, onde acontece o Festival de la Cancíon de Viña del Mar.
Atenção: o interior do palácio encontra-se fechado para visitação desde o terremoto de 2010, pois a estrutura foi abalada. Antes de ir, vale informar-se sobre as condições.
Horário de visita: terça a domingo: 10:00 hs àss 14:00 hs e 15:00 às 18:00 hs.

3) Palácio Rioja

De estilo neoclássico francês, o palácio foi residência da família do espanhol e banqueiro Don Fernando Rioja. Seus salões exibem mobiliário de fino acabamento originado da Espanha e da França. Horário de visita: terça a domingo: 10:00 hs àss 13:30 hs e 15:00 às 17:30 hs.

4) Jardim Botânico Nacional

Mais de 3.000 espécies de plantas estão espalhadas por 61 hectares. Entre as atividades estão trilhas, safári fotográfico e arvorismo (Zona Canopy). Informações: http://www.jardin-botanico.cl.

Termino por aqui. Espero que tenham gostado!

Até mais!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do blog e deixe seu registro!